março 29, 2008

Pavê de Bombom

Estou sempre à procura de novas receitas para testar, mas, na correria do dia-a-dia, não dá tempo para fazer "coisas elaboradas". Acabo fazendo o básico - e olhe lá! Mas nas ocasiões especiais, aproveito a oportunidade para tirar dos arquivos aquelas receitas que ficam "na fila", esperando a ocasião para testá-las.

Nessa Páscoa, mãe resolveu preparar o prato principal (sobrecoxa de frango enrolada no bacon... hummm... prometo postar aqui a receita) e então coube a mim preparar a sobremesa, o que não é tarefa árdua, já que eu AMO doces. Vasculhando os arquivos, lembrei de uma receita de pavê de bombom e não me arrependi: ficou divino! Aprovadíssima!

- 10 bombons sonho de valsa (pode ser outro de sua preferência);
- 1 2/3 xícara (chá) de leite;
- 1 lata de leite condensado;
- 1 lata de creme de leite (usei apenas uma caixinha com 200g);
- 1/2 colher (sopa) de maisena;
- 5 colheres (sopa) de açúcar;
-5 colheres (sopa) de chocolate em pó (usei o Garoto, mas quero testar com Ovolmaltine);
- 3 ovos.

Com uma faca afiada, pique os bombons em cubinhos. Reserve.
Separe as claras das gemas. Reserve.
Numa panela, junte o leite condensado, 1 xícara (chá) de leite, a maisena e as gemas peneiradas. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até engrossar. Deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo sempre. Retire do fogo e reserve.
Em uma outra panela, junte o restante do leite e o chocolate em pó e misture. Leve ao fogo médio para ferver. Depois de ferver, retire do fogo. Reserve.
Numa batedeira, bata as claras até o ponto neve. Vá acrescentando o açúcar aos poucos para as claras não murcharem. Desligue a batedeira, acrescente o creme de leite e misture, delicadamente, até incorporá-lo às claras. Reserve.
Com uma colher, distribua uniformemente o creme amarelo no fundo de um refratário. Cubra o creme com os bombons picados. Em seguida, regue com o achocolatado e cubra com o creme de claras. Polvilhe com um pouco de chocolate e pó.
Leve à geladeira por, no mínimo, 3 horas ou até ficar consistente. Sirva gelado.


4 comentários:

Diego Moreira disse...

Ficou bom de doer os ossos!
Esse pavê merece ser tombado como patrimônio gastronômico da humanidade!

Beijo!

Larissa disse...

Vou fazer mais vezes, quando a Nena estiver grávida! ;-)

José Luiz disse...

Tá desacanagem... Vc não quer ver seu primo querido, em plena forma, né? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Vou fazer nesse final de semana e depois te falo.
Beijos!!!

Larissa disse...

Oi, primo mais querido do mundo! O Trivial tá ficando importante, já temos sua ilustre "presença" por aqui... hehehe Olha, vai fazer sucesso com a namorada! Beijos